Suspeito de participar de ataque à casa de agente penitenciário é preso em MT - Mutum Notícias de Mato Grosso

Suspeito de participar de ataque à casa de agente penitenciário é preso em MT

G1 MT - 28/03/2018 07h32 - Atualizado em 28/03/2018 07h32

Um homem suspeito de participar dos ataques à casa de um agente penitenciário em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, e à sede do sindicato da categoria foi preso na segunda-feira (26) pela Polícia Civil. André Luiz Brandão é considerado de alta periculosidade pela polícia.

Na casa dele, os policiais apreenderam duas armas, munições, drogas, uma carteira de habilitação falsa, notas de dinheiro parcialmente queimadas e moedas que não chegaram a circular.

A polícia suspeita que a arma encontrada na casa dele foi usada nos atentados recentes a agentes penitenciários. O crime teria acontecido em resposta a morte de um preso durante um motim na Penitenciária Central do Estado (PCE), na semana passada.

De acordo com as investigações da Delegacia de Roubos e Furtos (DERF), André Luiz, conhecido como "Coringa", têm envolvimentos com o tráfico de drogas, roubo a banco e é suspeito de homicídio.

As investigações apontam que ele é suspeito de integrar uma quadrilha especializada que furtou cerca R$ 1,5 milhão de uma agência bancária de Goiás, em março deste ano.

Segundo o delegado Diego Martimiano, que investiga o caso, André Luiz era monitorado por tornozeleira eletrônica após ser condenado por roubo e duas tentativas de homicídio. Em dezembro de 2017, ele teria rompido o lacre da tornozeleira para cometer outro homicídio.

De acordo com o delegado, a suspeita de envolvimento nos ataques será investigada pela polícia e, caso seja comprovada, o suspeito deverá ser responsabilizado.