Sachetti descarta aliança com Taques e insiste em Senado na chapa de Mendes - Mutum Notícias de Mato Grosso

Sachetti descarta aliança com Taques e insiste em Senado na chapa de Mendes

Redação Olhar Direto - 23/07/2018 08h03 - Atualizado em 23/07/2018 08h03

O deputado federal Adilton Sachetti (PRB) descartou disputar as eleições de outubro na chapa encabeçada pelo governador Pedro Taques (PSDB). Ele já bateu o martelo e irá apoiar o empresário Mauro Mendes (DEM). O anúncio oficial deve ser feito na segunda-feira (23).

Sachetti se reuniu na tarde deste domingo com Pedro Taques e já informou o tucano de sua decisão. Taques ofereceu uma vaga ao senado e também a vice-governadoria ao ex-prefeito de Rondonópolis, com a possibilidade de se afastar ao final do mandato, deixando o governo para o vice. Sachetti ficou tentado com o convite, mas o recusou e agredeceu o respeito com o qual foi tratado.

O deputado federal optou por seguir no grupo politico que ajudou a construir. A presença de Otaviano Pivetta (PDT) na chapa de Mauro Mendes também foi decisiva na escolha. Pivetta, aliâs, tem sido aliado crucial de Sachetti na briga por uma vaga ao Senado.

Com a recusa ao grupo de Taques, o ex-prefeito de Rondonópolis se articula para disputar o Senado ao lado de Jayme Campos (DEM). No seu caminho ainda está a pré-candidatura de Carlos Fávaro (PSD), que nos últimos dias teria acertado aliança com Mauro Mendes, mas enfrenta resistência de Pivetta e outros pedetistas.

A recusa de Sachetti disputar o Senado ao lado de Taques praticamente deixa como certa a chapa tucana, com o governador à reeleição e Nilson Leitão (PSDB) ao Senado ao lado de Selma Arruda (PSL).