Sem proposta do governo, servidores do Detran entram em greve

Redação RDnews - 08/09/2017 12h43 - Atualizado em 08/09/2017 12h43

Foto: Edinaldo Nogueira/Mutum Noticias) Foto: Edinaldo Nogueira/Mutum Noticias)

Após aguardar o prazo de 15 dias úteis estipulado pelo governo estadual para apresentação de proposta à diretoria do Sindicato dos Servidores do Detran (Sinetran) referente à tabela salarial da categoria, que, segundo a classe, amarga seis anos de defasagem, os servidores do Detran entram em greve em todo o Estado a partir da próxima segunda (11), conforme o indicativo votado em 24 de agosto.

Segundo a presidente do Sinetran, Daiane Renner, na paralisação de 24h no último dia 17, o governo anunciou que iria apresentar uma proposta em 15 dias, mas ressalta que o prazo solicitado passou e o Estado não cumpriu com o compromisso.

"Até o momento não contactou o Sindicato para nenhuma reunião nem nos apresentou uma proposta por escrito para que pudéssemos levar para a categoria avaliar em assembleia, o que demonstra que não está preocupado com o prejuízo que causará à população", diz a sindicalista.

Conforme Daiane, não há motivos para o governo não conceder a revisão da tabela salarial, visto que a categoria não está reivindicando nada que já não seja praticado nas demais carreiras do Estado. "Infelizmente vimos mais uma vez a recorrente prática do governo de descumprir com acordos e compromissos firmados." Os salários pagos à classe, assim como os demais servidores, estão disponíveis no site da secretaria estadual de Gestão (Seges).