Polícia Civil recupera S10 e Fox roubados na posse de ladrões foragidos da Justiça

Redação Mutum Noticias - 31/07/2017 08h48 - Atualizado em 31/07/2017 08h48

Dois veículos foram recuperados pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva) em conjunto com policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Várzea Grande, na tarde de sexta-feira (28). Dois homens foram presos, sendo um deles foragido de um Presídio no Pará, e o segundo com mandado de prisão em aberto.

Uma caminhonete S10 roubada na quinta-feira (27), no bairro Morada do Ouro, na Capital, e um veículo Fox vermelho, com os chassis adulterados e as placas clonadas, foram encontrados escondidos em uma região de chácaras, nos fundos de um condomínio, no bairro Jardim Imperial, em Cuiabá. No local, os policiais apreenderam documentos dos dois veículos, de um Uno, além de placas.

O assaltante Josué de Ariquemes Paim de Lima, conhecido por "Peba", com mandado de prisão em aberto pelo roubo de um Honda Civic, foi preso em flagrante, na companhia de Leandro de Freitas Pinto, que estava há cerca de 1 mês foragido da Penitenciária Agrícola Silvio Hall de Moura, na comunidade Cucurunã, em Santarém, no oeste do Pará.

Os dois suspeitos foram autuados em flagrante por roubo majorado, receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor e ainda tiveram os mandados de prisão cumpridos, sendo Josué uma prisão temporária em aberta e Leandro mandado de recaptura. Este ainda foi autuado por falsa identidade, por ter dado nome falso aos policiais na abordagem.

Leandro havia aproveitado a visita de crianças ao presídio para escalar o muro e pular, tendo acesso à mata. No Pará, estava preso pelo latrocínio de Edinaldo França do Nascimento, 43 anos, ocorrido em 16 de junho de 2015, na comunidade Estrada Nova. Pelo crime foi condenado a 25 anos de prisão.

Na manhã deste sábado (29), o delegado Marcelo Martins Torhacs manteve contato com a Vara de Execuções Penais de Santarém, que expediu o mandado de prisão contra Leandro de Freitas, em decorrência da fuga.

O Sistema Penitenciário do Pará foi oficializado para o recambiamento do preso.

Pelos crimes em Mato Grosso, os dois presos foram apresentados em audiência de custódia e tiveram no ato a representação pela conversão da prisão em flagrante pela prisão preventiva.