Mais de 200 atendimentos são realizados no primeiro dia do Parada Legal em Nova Mutum

Redação com Assessoria - 29/11/2017 13h40 - Atualizado em 29/11/2017 13h40

Iniciado nesta terça-feira (28), em Nova Mutum, o programa Parada Legal, da Rota do Oeste, contabilizou 228 atendimentos a motoristas profissionais e à população da região no primeiro dia de evento. A ação oferece gratuitamente serviços de saúde, educação, segurança no trânsito e qualidade de vida e traz como tema desta edição o Novembro Azul, com abordagem e conscientização dos homens sobre o câncer de próstata. O programa fica na cidade até 30 de novembro.

Dos mais de 200 atendimentos realizados, três casos de sífilis e um de hepatite B foram diagnosticados pela equipe médica. Com a detecção, os pacientes receberam as orientações necessárias para iniciar ou dar continuidade ao tratamento e cura da doença.

"Muitos desses caminhoneiros não fazem um acompanhamento médico regular, com consultas frequentes e deixam para procurar um médico quando algo grave aparece. A ideia é conscientizá-los de que o cuidado com a saúde deve ser frequente", pontua o Gerente de Sustentabilidade da Concessionária, Pedro Ely.

Esta é a última edição do Parada Legal em 2017. O projeto já passou por Rondonópolis, Cuiabá e Sorriso realizando quase 8 mil atendimentos este ano. A ação é uma parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Secretaria Municipal de Saúde de Nova Mutum, Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de Nova Mutum, Escola Técnica Albert Sabin, Dani Escola de Cabeleireiros, Associação Mato-grossense dos Cegos e o Posto Águia Branca, onde as atividades serão realizadas.