Aeronave é interceptada pela FAB e faz pouso forçado em MT

G1 MT - 06/03/2018 15h24 - Atualizado em 06/03/2018 15h24

Avião fez pouso forçado em Tangará da Serra após ser interceptado pela FAB (Foto: FAB/Divulgação) Avião fez pouso forçado em Tangará da Serra após ser interceptado pela FAB (Foto: FAB/Divulgação)

Uma aeronave PR-EBF, que saiu da Bolívia sem plano de voo, foi interceptada pela Força Aérea Brasileira (FAB), nesta terça-feira (6), em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá.

A interceptação foi realizada com um A-29 Super Tucano, em uma estrada de terra. A aeronave está sendo inspecionada em solo.

Segundos dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o avião interceptado pertence ao empresário Lucas Maikon Gusmão de Lima.

De acordo com a FAB, a ação é feita em parceria com a Polícia Federal e faz parte da Operação Ostium, que deve seguir até o final deste ano para reforçar a vigilância no espaço aéreo sobre a região de fronteira do Brasil com a Bolívia e o Paraguai.

O objetivo é coibir voos irregulares que possam estar ligados a crimes como o narcotráfico, reduzindo a zero o índice de ilícitos, por meio aéreo, numa vasta área de fronteira.

Os principais alvos da ação, que segue até o fim do ano, são voos irregulares que possam estar ligados a crimes, principalmente ao narcotráfico.