07/03/2013 13h43 - Atualizado em 07/03/2013 13h43

BR 163 é trancada em Mutum, Lucas e Sorriso no manifesto pela Vida

Em Sorriso haverá um ato público com a presença deputados e representantes do Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (DNIT).

Por: Edinaldo Nogueiraa - Mutum Noticias (Apoio Cenário MT, Só Noticias)
 
 
Autoridades de Nova Mutum com uma faixa que mostra os números de acidentes e mortes na rodovia. (Foto: Edinaldo Nogueira/Mutum Noticias) Autoridades de Nova Mutum com uma faixa que mostra os números de acidentes e mortes na rodovia. (Foto: Edinaldo Nogueira/Mutum Noticias)

Autoridades do município responsáveis pela manifesto em favor da vida bloquearam a BR 163 em Nova Mutum as 13h como estava previsto. A intenção do movimento é chamar a atenção das autoridades principalmente do Governo Federal das péssimas condições que a BR 163 esta passando.

Em Nova Mutum o manifesto é apoiado diretamente pela Prefeitura Municipal, Câmara de Vereadores, Associação Comercial, Câmara dos Dirigentes Lojistas, Sindicato Rural e empresários.

Principal rodovia federal que corta o estado, a BR é considerada a rodovia da morte, isso porque nos últimos anos devido o grande potencial agrícola o estado, o trafego de veículos pesados triplicou. O excesso de cargas pesadas, a má conservação tem sido fatores negativos que tem contribuído para que muitas vidas sejam ceifadas.

Lucas do Rio Verde

Os organizadores do Manifesto pela vida em Lucas do Rio Verde, se anteciparão e iniciaram o bloqueio na BR 163 por volta das das 11h00. Até o momento o movimento tem ganhando adesão de todos os seguimentos.

Sorriso

Lideranças empresariais, políticas e população Sorriso também bloqueiam a BR-163 por uma para protestar contra o governo federal pela demora em acabar com a buraqueira em vários trechos no Nortão e Médio Norte. Em SorrisoForam colocadas centenas de cruzes, em canteiro ao lado da rodovia, simbolizando mortos nos inúmeros acidentes - muito deles causados pelos buracos.

Após o bloqueio, será realizado ato público com a proposta de cobrar soluções do governo federal para conter o crescente número de acidentes e melhorar a malha viária da rodovia federal, principal elo de ligação entre o Norte do Estado com a capital.

DNIT

Diante dos manifesto o superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), Luiz Antônio Garcia,disse já há um contrato firmado com duas empresas que farão o recapeamento entre Sinop até o Posto Gil, investimento estimado em um pouco mais de R$ 90 milhões. O recurso, segundo Garcia, é oriundo do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) e já foi empenhado. Ele garantiu ainda que as empresas já estão instalando usinas na região e levando equipamentos para a cidade para iniciar o processo de recuperação desse trecho. "Estamos trabalhando também, nas obras da duplicação de Posto Gil até Rosário Oeste, obra que deve ser entregue até o final de 2013. Os editais de licitação para a contratação da duplicação de Rosário Oeste até Rondonópolis já foram publicados. Na próxima segunda-feira, ocorre a segunda sessão pública para a divulgação das empresas vencedoras de quatro lotes de duplicação da rodovia BR-163", afirmou.

Somente na safra atual, Mato Grosso produziu 24 milhões de toneladas de soja, 3 milhões a mais que no ano passado e quase a metade é exportada pelos Portos de Santos (SP) e Paranaguá (PR), que ficam a mais de 2 mil quilômetros do Estado. O escoamento é feito pelas BRs-163 e 364, que estão esburacadas e aumentam os gastos dos caminhoneiros com manutenção em cerca de 20 a 30%, o que também aumenta o valor do frete e tira rentabilidade dos agricultores. Nos mais de 700 km da BR-163, ano passado, em Mato Grosos, houve mais de 1,2 mil acidentes e cerca de 300 mortes.

 

Canais

Cidades
Brasil
Economia
Esportes
Agronews
Polícia
Artigos
Social

Serviços

Educação
Cultura
Saúde

Expediente

Anuncie no site
Contato

Rua Das Primaveras, 1454 w
Nova Mutum - MT - Cep: 78.450-000

Tel. (65) 9619-2229